Bumblebee: A história por trás da perda de sua voz e a solução criativa para se comunicar

Descubra como Bumblebee, o adorado Autobot, perdeu sua voz e como ele encontrou uma solução engenhosa para se expressar.

Bumblebee, um dos personagens favoritos dos fãs da franquia Transformers, sempre foi reconhecido por sua personalidade carismática. No entanto, em uma reviravolta inesperada, ele perde sua voz em um ato rápido e impiedoso. Vamos explorar a história por trás dessa perda e como Bumblebee encontrou uma solução engenhosa para se comunicar.

Nos filmes Transformers, as vozes dos robôs desempenham um papel crucial na construção de sua identidade. Desde a voz profunda e autoritária de Peter Cullen como Optimus Prime até a ameaçadora entonação de Hugo Weaving como Megatron, as vozes dos personagens são icônicas. No entanto, Bumblebee teve uma trajetória diferente em relação à sua voz.

Demorou mais de uma década para que Bumblebee pudesse finalmente ser ouvido com sua própria voz. Em “Bumblebee” (2018), o ator Dylan O’Brien deu vida ao personagem, mas essa experiência foi breve. Ao longo dos anos, a voz de Bumblebee tem sido uma mistura de clipes de rádio, um verdadeiro Frankenstein sonoro. Mas o que exatamente aconteceu com sua voz?

Na prequela dos Transformers, também intitulada “Bumblebee”, somos levados aos últimos dias da guerra entre Autobots e Decepticons em Cybertron. Optimus Prime envia Bumblebee, então conhecido como Autobot scout B-127, para a Terra em uma cápsula de fuga. Sua missão é estabelecer uma base de operações no planeta, preparando o terreno para a chegada dos outros Autobots.

A perda da voz de Bumblebee ocorre de maneira rápida e brutal. Ao chegar à ensolarada Califórnia, B-127 cai bem no meio de um exercício de treinamento realizado pelo Setor 7, uma agência governamental secreta encarregada de monitorar atividades alienígenas na Terra. Essa queda o coloca em uma situação complicada, já que o Setor 7 não é conhecido por sua hospitalidade. Rapidamente, B-127 escaneia um jipe próximo e escapa, mas acaba sendo emboscado por Blitzwing, um Decepticon. Pressionado por informações sobre a localização de Optimus Prime, Bumblebee se recusa a ceder. Em um ato de fúria, Blitzwing arranca sua caixa de voz, causando danos ao seu núcleo de memória.

No entanto, essa perda de voz não impede Bumblebee de continuar sua missão. Transformando-se em um Volkswagen Beetle amarelo de 1967, ele acaba no ferrovelho e é presenteado a Charlene “Charlie” Watson em seu aniversário de 18 anos. Charlie, uma jovem talentosa, começa a consertar Bumblebee e logo descobre sua verdadeira identidade. Apesar da ausência de voz, uma conexão especial se forma entre eles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *