Greve da WGA adia a produção da série ‘Blade Runner 2099’ para 2024

A aguardada continuação da franquia é impactada pela paralisação dos roteiristas.

Na última atualização sobre a produção da série ‘Blade Runner 2099′, foi anunciado que a aguardada continuação da franquia terá sua estreia adiada para 2024. O motivo por trás desse adiamento é a greve em andamento do Writers’ Guild of America (WGA), que está afetando a indústria do entretenimento nos Estados Unidos. A Northern Ireland Screen, em parceria com a Amazon Studios e a Scott Free Productions, confirmou que as filmagens não poderão ser iniciadas até a primavera de 2024, conforme relatado pela BBC da Irlanda do Norte.

‘Blade Runner 2099’ é baseada nos icônicos filmes dirigidos por Ridley Scott e Denis Villeneuve, contando com a participação de Ridley Scott como produtor executivo. A série promete levar os espectadores de volta ao mundo futurista e distópico dos replicantes e caçadores de androides, explorando novas histórias ambientadas 50 anos após os eventos de ‘Blade Runner 2049’.

A Northern Ireland Screen expressou sua frustração com o adiamento de ‘Blade Runner 2099’, ressaltando que o projeto estava sendo cuidadosamente preparado em Belfast há meses. A greve do WGA, que busca melhores condições para os roteiristas, impactou as produções em todo o mundo. No entanto, a Northern Ireland Screen está empenhada em preencher essa lacuna no cronograma de produção o mais rápido possível, considerando o impacto nos profissionais freelancers e nas empresas da cadeia de suprimentos envolvidas no projeto.

A greve do WGA é um movimento significativo, pois os roteiristas reivindicam uma parcela justa dos pagamentos residuais, especialmente em relação às plataformas de streaming. A remuneração para programas transmitidos em redes de televisão difere significativamente dos valores pagos pelos streamers, e o WGA busca uma equidade nessa questão. Além disso, os roteiristas estão lutando por um piso salarial mais alto e medidas de proteção contra o uso excessivo de inteligência artificial na redação de roteiros.

Enquanto os fãs aguardam ansiosamente pela chegada de ‘Blade Runner 2099’, a negociação entre o WGA e as produtoras continua em busca de um acordo que atenda às demandas dos roteiristas, garantindo assim a qualidade e o valor do trabalho criativo na indústria do entretenimento. Fiquem atentos para mais atualizações sobre o desenvolvimento da série e os desdobramentos da greve da WGA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *