‘Oppenheimer’ Superará ‘Bohemian Rhapsody’ e se Tornará o Filme Biográfico de Maior Bilheteria de Todos os Tempos

O filme “Oppenheimer”, dirigido por Christopher Nolan, está prestes a conquistar um marco impressionante em sua trajetória nas bilheteiras globais. O longa-metragem está prestes a se tornar o filme biográfico de maior bilheteria da história, ultrapassando “Bohemian Rhapsody”, o icônico filme musical de 2018 que contou a história de Freddie Mercury, o lendário vocalista da banda Queen. Apesar de “Oppenheimer” ter um orçamento mais elevado, de US$ 100 milhões, ele superou o valor bruto de bilheteria de “Bohemian Rhapsody”, que arrecadou US$ 910,8 milhões com um orçamento estimado de US$ 55 milhões.

A História de “Oppenheimer”:

“Oppenheimer” narra a vida de J. Robert Oppenheimer, um físico teórico que desempenhou um papel crucial como diretor do Projeto Manhattan, com sede em Los Alamos, Novo México. Esse projeto secreto tinha como objetivo desenvolver a primeira arma de destruição em massa e utilizá-la para encerrar a Segunda Guerra Mundial. Cillian Murphy interpreta o personagem homônimo, enquanto o elenco também inclui Robert Downey Jr., Emily Blunt, Florence Pugh, Matt Damon, Kenneth Branagh e muitos outros talentos.

'Oppenheimer' Superará 'Bohemian Rhapsody' e se Tornará o Filme Biográfico de Maior Bilheteria de Todos os Tempos

O Impacto de Rami Malek:

Um dos maiores beneficiados nessa competição de bilheteria é o ator Rami Malek, que desempenhou papéis importantes em ambos os filmes. Malek ficou famoso por sua interpretação de Freddie Mercury em “Bohemian Rhapsody”, o que lhe rendeu um Oscar. Em “Oppenheimer”, ele faz uma participação especial, mas seus momentos em tela são poderosos e notáveis. Ele interpreta David Hill, um cientista que idolatra o trabalho de Oppenheimer e cujo testemunho é crucial na trama.

A Trajetória de “Oppenheimer”:

“Oppenheimer” é elogiado por sua abordagem madura, e muitos consideram que é o trabalho mais amadurecido de Christopher Nolan até o momento. O filme combina efeitos práticos, uma trilha sonora impressionante de Ludwig Göransson e uma cinematografia notável de Hoyte van Hoytema.

O longa ainda é exibido em cinemas IMAX e retornará ainda este ano devido à demanda e a greves em curso. Além disso, “Oppenheimer” é considerado um forte candidato na corrida ao Oscar de 2024, o que poderia render a Christopher Nolan o cobiçado prêmio de Melhor Diretor.

“Oppenheimer” está prestes a superar “Bohemian Rhapsody” e se tornar o filme biográfico de maior bilheteria da história. Este marco é mais um testemunho do sucesso do filme de Christopher Nolan, que conquistou o público e a crítica com sua abordagem madura e impressionante. O impacto de Rami Malek, que desempenhou papéis em ambos os filmes, também é digno de nota. Agora, os olhos estão voltados para o Oscar de 2024, onde “Oppenheimer” pode consolidar ainda mais seu lugar na história do cinema.

Via Collider

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *